A visão perfeita começa aqui !

Descubra os benefícios de cuidar da saúde dos seus olhos com nossos especialistas em Oftalmologia. Soluções personalizadas para cada paciente.

Veja a vida com clareza

Saúde ocular em primeiro lugar: Prevenção e Tratamento de Doenças Oftalmológicas

Diagnóstico e Tratamento Precisos

Desde Miopia Até Catarata: Podemos ajudá-lo a encontrar a solução certa

De Glaucoma a Degeneração Macular

Cuide dos seus olhos e evite problemas de visão no futuro

foto_servicos
Olhos Saudáveis em Todas as Fases da Vida

Cuidados Oftalmológicos para crianças, adultos e idosos

O cuidado que os seus olhos merecem

Cirurgia laser e procedimentos minimamente invasivos

A clínica

A Clínica Oftalmológica Dr. Walter Rodrigues, fundada em 17 de Outubro de 1991, é uma clínica especializada em prestar serviços na área da oftalmologia, dotada de um corpo clínico altamente especializado e com as mais modernas técnicas de diagnóstico.

Somos especialistas em:
– Consulta geral de Oftalmologia
– Consulta de Superfície Ocular Externa
– Consulta de Cirurgia Refractiva
– Consulta de Glaucoma
– Consulta de Retina e Vitreo
– Consulta de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo

slide clinica
“TOP 5% MELHORES PME DE PORTUGAL 2023”

A Clinica Oftalmológica Dr. Walter Rodrigues, foi distinguida com o selo de TOP 5% de Melhores PME de Portugal 2023 

“Continuamos a trabalhar com dedicação aos nossos doentes na resolução dos seus problemas com espirito de Missão.”

Temos as seguintes especialidades

A Clínica Oftalmológica Dr. Walter Rodrigues possui uma equipa reconhecida no diagnóstico e tratamento de várias patologias oftalmológicas. Experimente a precisão e a qualidade dos nossos procedimentos oftalmológicos

Exames

foto_exames

– Campos Visuais
– Biometria
– Ecografia ocular
– Paquimetria
-Topografia Querática
-Microscopia Especular

Cirurgias

foto_cirurgias

– Catarata
– Miopia
– Hipermetropia
– Astigmatismo ( Lasik, Lentes Fáquicas )
– Glaucoma
– Oculoplástica

Tratamentos

foto_tratamentos

– Laser Argon
– Laser Yag
– Cirurgia por Rádio Frequência

Tem alguma questão?

Aqui esclarecemos algumas dúvidas e perguntas mais frequentes

Para manter uma boa visão e prevenir doenças oculares, é importante adotar hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada rica em nutrientes que beneficiam os olhos, como vitamina A, C e E, prática regular de exercícios físicos, evitar o uso excessivo de dispositivos eletrónicos, manter uma distância adequada do ecrã quando estiver a ser usado fazendo pausas regulares, usar óculos de sol com proteção contra raios UV e realizar exames oftalmológicos regulares. Prevenir é sempre melhor do que curar, portanto, é importante adotar essas medidas para manter a saúde ocular e prevenir doenças oculares

Sim, existem patologias oculares que são mais comuns em determinadas faixas etárias. Por exemplo, a ambliopia (olho preguiçoso) é uma condição que afeta principalmente crianças, enquanto a degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é mais comum em pessoas acima de 60 anos. A catarata também é uma condição comum em pessoas mais velhas, enquanto o estrabismo pode afetar tanto crianças quanto adultos. A presbiopia, que é a dificuldade em ver de perto, é mais comum em pessoas acima dos 40 anos. Por isso, é importante realizar exames oftalmológicos regulares em diferentes faixas etárias, para identificar e tratar possíveis patologias oculares de forma precoce e evitar complicações mais graves

A miopia é uma condição em que a pessoa enxerga objetos próximos com clareza, mas objetos distantes ficam desfocados. Isso ocorre porque o olho é mais longo do que o normal ou a córnea é muito curvada, fazendo com que a luz se concentre na frente da retina em vez de diretamente sobre ela. Os tratamentos para a miopia incluem óculos, lentes de contacto, cirurgia refrativa, implante de lente intraocular e terapia de visão. Os óculos e lentes de contacto ajudam a corrigir a miopia, enquanto a cirurgia refrativa e o implante de lente intraocular são opções mais permanentes. A terapia de visão pode ajudar a melhorar a acuidade visual e a coordenação dos olhos. É importante consultar um oftalmologista para determinar o melhor tratamento para cada indivíduo.

O astigmatismo é uma condição ocular em que a córnea (a camada frontal do olho) é irregularmente curvada, resultando em visão distorcida. Os sintomas incluem visão turva, fadiga ocular e dores de cabeça. O astigmatismo pode ser corrigido com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgia refrativa, como a LASIK. Os óculos ou lentes de contato são prescritos para compensar a irregularidade na curvatura da córnea, enquanto a cirurgia refrativa altera a forma da córnea para corrigir o astigmatismo. O tratamento depende do grau de astigmatismo e do paciente

As cataratas oculares são uma condição em que o cristalino do olho se torna opaco, afetando a visão. As causas incluem envelhecimento, exposição à radiação UV e certas doenças. Os sintomas incluem visão turva, cores desbotadas e sensibilidade à luz. O tratamento é geralmente a cirurgia de remoção do cristalino e substituição por uma lente artificial. A prevenção inclui proteger os olhos da exposição ao sol e manter uma dieta saudável e equilibrada.

O glaucoma é uma doença ocular que danifica o nervo óptico e pode levar à perda permanente da visão. A pressão elevada dentro do olho é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento do glaucoma. É chamado de “assasino silencioso” uma vez que não gera quase nenhum sintoma e leva á perda irreversível da visão. O tratamento geralmente envolve colírios para reduzir a pressão intraocular e em casos mais avançados, cirurgia para drenar o excesso de líquido do olho. O diagnóstico precoce é fundamental para prevenir a perda de visão e é recomendável fazer exames oftalmológicos regulares, especialmente para pessoas com histórico familiar da doença.

Os sintomas comuns de uma infecção ocular incluem vermelhidão, inchaço, , dor, secreção, sensação de corpo estranho no olho e visão embaçada. As causas podem variar, incluindo infecções virais, bacterianas ou fúngicas, além de reações alérgicas e irritações químicas. O tratamento depende da causa subjacente e pode incluir colírios, pomadas, medicamentos antivirais ou antibióticos, além de compressas quentes ou frias. É importante consultar um oftalmologista para determinar a causa e o tratamento adequado. Além disso, evitar tocar os olhos com as mãos sujas, não compartilhar objetos pessoais e manter uma boa higiene pode ajudar a prevenir infecções oculares

Quando uma pestana cresce para dentro do olho, isso é chamado de triquíase e pode causar irritação, comichão e até dor. É importante evitar esfregar o olho e consultar um oftalmologista imediatamente. O tratamento pode incluir a remoção manual da pestana, a depilação das pestanas circundantes ou a cauterização da raiz da pestana problemática. Em alguns casos, pode ser necessário realizar uma cirurgia para corrigir a posição das pestanas ou para evitar que cresçam na direção errada. O tratamento varia dependendo do grau de triquíase e da gravidade dos sintomas

A degenerescência macular relacionada com a idade é uma doença ocular que afeta a mácula, a parte central da retina, resultando na perda da visão central. É mais comum em pessoas com mais de 50 anos e a causa exata é desconhecida. Os sintomas incluem dificuldade em ler, reconhecer rostos e cores desbotadas. Não há cura para a DMRI, mas há tratamentos como injeções intraoculares e fotocoagulação a laser que podem ajudar a retardar a progressão da doença. Também são importantes uma alimentação saudável e suplementos vitamínicos, além de evitar o tabagismo e proteger os olhos da exposição à luz UV

Sim, diabetes pode afetar a visão, causando uma condição chamada retinopatia diabética. A alta quantidade de açúcar no sangue danifica os vasos sanguíneos da retina, que é a parte do olho responsável pela visão. Isso pode levar a perda da visão ou cegueira. O tratamento inclui controle rigoroso da glicemia, controle da pressão arterial e do colesterol e, em alguns casos, cirurgia a laser ou injeções de medicamentos para diminuir o inchaço da retina e prevenir o surgimento de novos vasos sanguíneos anormais. É importante que os diabéticos façam exames oftalmológicos regulares para detectar precocemente a retinopatia diabética e evitar a progressão da doença

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, membrana que reveste a parte branca do olho e a parte interna das pálpebras. Pode ser causada por alergias, infecções virais ou bacterianas, irritação química ou exposição a agentes externos. Os sintomas incluem vermelhidão, inchaço,  e secreção ocular. O tratamento depende da causa subjacente e pode incluir colírios, compressas frias e medicamentos antialérgicos. Em casos de conjuntivite bacteriana, pode ser necessário o uso de antibióticos. A prevenção inclui evitar o contato com pessoas infectadas, lavar as mãos regularmente e não compartilhar objetos pessoais, como toalhas

O hordéolo, também conhecido como terçolho, é uma infecção bacteriana da glândula sebácea na borda da pálpebra, causando uma protuberância avermelhada dolorosa. Pode ser causado por falta de higiene, exposição a agentes irritantes ou stress. O tratamento inclui compressas quentes para aliviar o inchaço e desconforto, além de medicamentos em forma de pomadas ou colírios. Em alguns casos, pode ser necessário realizar uma pequena cirurgia para drenar a infecção. É importante evitar esfregar os olhos e manter uma boa higiene, como lavar as mãos com frequência e não compartilhar objetos pessoais, para prevenir a infecção

O olho seco é uma condição em que o olho não produz lágrimas suficientes ou as lágrimas produzidas não possuem a qualidade adequada para manter a superfície ocular lubrificada. Os sintomas incluem comichão, vermelhidão, sensação de areia ou corpo estranho nos olhos, visão embaçada e fotofobia. O tratamento pode incluir o uso de colírios lubrificantes, pomadas oftálmicas, medicamentos anti-inflamatórios e, em casos mais graves, procedimentos cirúrgicos para fechar os pontos lacrimais. Também é importante evitar fatores que possam piorar a condição, como exposição ao ar condicionado, uso excessivo de ecrãs digitais, fumar e ingestão de medicamentos que podem afetar a produção de lágrimas.

Contacte-nos

Estamos ao seu dispor para esclarecer qualquer dúvida que tenha e fazer a marcação da sua consulta

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
location_on
Av. D. Nuno Álvares Pereira 33 r/c esquerdo 2800-179 Almada, Portugal
phone
212 750 558 ou 962 963 376
access_time
Segunda a Sexta das 09:00 ás 19:30

Encerramos aos Sábados, Domingos e Feriados